De acordo com a Polícia Civil, vítima de 73 anos morava no Jardim Paulista e estava desaparecida desde 23 de novembro; filho confessou o crime e indicou local em que corpo estava enterrado.

Filho que confessou ter matado o pai indica onde enterrou o corpo O corpo de um homem, de 73 anos, foi encontrado esquartejado dentro de uma mala, nesta segunda-feira (2), em Paranavaí, no noroeste do Paraná. De acordo com a Polícia Civil, ele morava no Jardim Paulista e estava desaparecido desde o dia 23 de novembro.

O filho dele, de 21 anos, confessou o crime e indicou o local em que o pai estava enterrado. O jovem estava preso temporariamente em Curitiba e foi levado até Paranavaí pela polícia, nesta segunda-feira, para auxiliar nas buscas pelo corpo do idoso.

Corpo de idoso é encontrado esquartejado dentro de mala em Paranavaí Divulgação/Polícia Civil Durante as investigações, a polícia havia encontrado no quintal da casa da vítima um colchão e panos com manchas de sangue.

Denúncias anônimas chegaram à polícia que apontavam o filho como o autor do crime.

Segundo a polícia, o rapaz deve responder pelo crime de homicídio qualificado e ocultação de cadáver.

A pena pode ultrapassar 30 anos de prisão.

O suspeito já tinha passagens pela polícia por incêndio, furto qualificado, corrupção de menores, uso de drogas e ameaça.

A Polícia Civil informou que vai pedir a prisão preventiva dele.

De acordo com a Polícia Civil, ele morava no Jardim Paulista e estava desaparecido desde o dia 23 de novembro Reprodução/RPC Veja mais notícias da região no G1 Norte e Noroeste.